SAP Business One e Consultoria SAP

5 dicas para ter um melhor controle de custos

02 maio

5 dicas para ter um melhor controle de custos

O gerenciamento adequado dos custos de uma empresa significa, em última análise, o controle do seu sucesso. Gastos que são muito maiores do que a empresa pode suportar ou que não estavam planejados significam endividamento, prejuízos e, provavelmente, dificuldade nas operações. Por conta disso, manter o controle de custos é indispensável para também manter a saúde do empreendimento, permitindo que ele cresça e se desenvolva.

Para ajudá-lo a evitar que a sua empresa passe por este tipo de problema, confira 5 dicas para ter um melhor controle de custos.

1 – Mapeie todos os custos

Todo bom controle de custos começa com um mapeamento completo dos gastos da empresa, o qual aponta exatamente onde está a sua maior fonte de investimento ou gasto. Ao conhecer esse fluxo, você consegue entender melhor qual área consome mais e, em comparação aos resultados, consegue verificar se eles se justificam ou não. Esse mapeamento também é importante para garantir que todos os dados da sua empresa estejam organizados.

2 – Faça registros de todos os custos

Muitos empresários desconsideram essa etapa, mas é indispensável ter um registro relevante e atualizado de todos os custos. Isso inclui até mesmo aqueles que parecem menores e insignificantes apenas por serem de valores mais baixos, já que quando somados no final do mês ou do ano podem fazer toda a diferença.

Esses registros devem conter informações, como valor, finalidade e data de modo, criando um histórico e fornecendo subsídio para análises futuras. Assim, vai ficar muito mais fácil controlá-los, já que eles estarão identificados, não é mesmo?

3 – Avalie os gastos

Com o registro surge também a possibilidade de análise. Agora que você sabe identificar como, onde porque a sua empresa gasta, é possível fazer avaliações para ver se esse é, realmente, o melhor cenário no qual ela poderia estar.

Por meio de uma análise relevante é bem possível que você note que um setor está consumindo mais do que deveria ou que há um custo imprevisto e recorrente em sua folha. A análise é importante para garantir que todos os recursos sejam utilizados da melhor maneira possível.

4 – Otimize e elimine processos desnecessários

Feita a análise é bem possível que você se dê conta de que um processo poderia gastar menos do que consome atualmente ou que algum simplesmente não é necessário. Assim, para um controle de custos efetivo, você também deve observar os projetos e fazer as modificações que sejam necessárias – ainda que isso signifique a sua eliminação.

Ao fazer isso, você garante que a estrutura fique mais enxuta e que os gastos não terminem saindo de controle. Isso também leva a uma redução de custos benéfica para a empresa, que passa a dispor de mais recursos para investir em melhorias necessárias.

5 – Tenha um planejamento

Quanto mais planejado você for, mais controle você terá sobre qualquer ação em relação à sua empresa. Para um controle de custos eficiente você também precisa fazer planejamentos que sejam relevantes de acordo com as necessidades e objetivos do negócio.

É o caso de realizar um planejamento de compras mediante as informações fornecidas pelocontrole de estoque, por exemplo. Ao fazer isso, você evita os gastos extras que surgem com compras imprevistas ou em cima da hora.

O mesmo vale para planejamento com investimentos ou com despesas que são obrigatórias, como impostos ou pagamentos de financiamentos. Ao planejar você adquire mais controle sobre a vida financeira do seu negócio e mantém os custos em ordem.

Controlar os custos da empresa depende basicamente de quão informado você se mantém sobre eles. Assim, mediante o mapeamento, registro, avaliação e otimização de custos você adquire mais controle, assim como quando faz planejamentos baseados em informações relevantes.

Quais são as suas dificuldades em manter um controle de custos na sua empresa? Tem alguma dúvida sobre o assunto? Não deixe de comentar!

%d blogueiros gostam disto: