SAP Business One e Consultoria SAP

O que é curva ABC e por que ela é importante para o seu negócio?

16 ago

O que é curva ABC e por que ela é importante para o seu negócio?

gestão de estoque, apesar de ser uma área operacional, tem processos que afetam diretamente diversas outras áreas, como compras, vendas e financeiro. Isso faz com que seja muito importante buscar continuamente meios de otimizar essas atividades.

No artigo de hoje, vamos explicar o que é curva ABC e como ela pode ajudar a implementar melhorias. Continue com a leitura e saiba mais!

O que é curva ABC, afinal?

A curva ABC, também conhecida como regra 80/20, é um método de análise utilizado para classificar os produtos de acordo com a sua importância ou seu impacto para o estoque de uma empresa. Para fazer a classificação é preciso avaliar questões como a lucratividade de cada item e seu volume de vendas. A partir disso, eles são divididos em três grupos:

Classe A

São itens que correspondem a 30% do estoque. Possuem uma margem de lucro satisfatória e um valor de faturamento considerável, mas não possuem um giro muito alto.

Classe B

Itens de importância, que têm um giro alto, mas que não possuem grande representatividade no faturamento — como possuem um valor menor, precisam ser muito vendidos para garantir um faturamento satisfatório. A margem de lucro também é satisfatória. Correspondem a 50% do estoque.

Classe C

São produtos de menor importância, que saem pouco e, por consequência, não representam uma grande fatia no faturamento, nem na margem de lucro. Correspondem a 20% do total do estoque. Vale ressaltar que esses parâmetros não são absolutos e os percentuais podem variar, dependendo da empresa e até mesmo da composição do estoque (que deve atender à demanda).

Além disso, o fator econômico e a sua relação com a quantidade de itens não é o único elemento que deve ser analisado. Existem outros pontos que possuem impacto direto na tomada de decisão e estratégia empresarial, como frequência de consumo do produto e sua exposição ao risco — essas variáveis auxiliam no entendimento do mix de produtos, como seus custos e a margem de preço por item.

Como ela pode ser implementada?

Agora que você já sabe o que é curva ABC, o conceito de como ela pode ser implementada fica mais fácil de ser compreendido. O primeiro passo para implementá-la é definir os parâmetros que vão avaliar a relevância. Os mais utilizados são giro do material, lucratividade e representatividade no faturamento.

Sendo assim, vale fazer uma análise inicial de todos os itens, apontando qual é seu giro dentro do estoque, qual é o percentual que ele representou no faturamento do período e qual é sua margem de lucro. Assim, os itens que possuem maior saída (classe B), devem ser comprados em maior quantidade, enquanto os itens que não têm muita importância (classe C), devem ter quantidades menores.

A conta utilizada para a curva ABC pode ser realizada de diversas maneiras, como dar prioridade ao preço do produto ou ao seu valor por venda, por exemplo. O essencial é que ela demonstre como deve ser feita a categorização do estoque, deixando claro quais são os produtos mais importantes.

Para uma análise ainda mais assertiva, vale a pena utilizar o histórico e a previsão de demanda para saber como distribuir melhor as quantidades de cada item (principalmente os itens A e B). Com essas informações em mãos, ao mesmo tempo em que o setor de compras passa a ter uma base mais confiável para realizar as aquisições, o estoque fica composto de forma a atender melhor a realidade.

Quais são os benefícios da sua aplicação?

Quando a curva ABC é aplicada ao estoque, os recursos passam a ser mais bem direcionados, fazendo com que o capital de giro seja utilizado para comprar os itens que realmente têm importância para o negócio. Com isso, o estoque fica mais organizado, além de se evitar o desperdício de itens (por perecibilidade ou obsolescência, por exemplo).

Além disso, como apontamos, o setor de compras passa a ter informações mais condizentes com a realidade para fazer aquisições mais assertivas. Tudo isso contribui para que o índice de rupturas — perda de venda por falta de item em estoque — seja reduzido consideravelmente. Esses benefícios se estendem também à gestão financeira, visto que o capital de giro passa a ser melhor empregado, além do aumento no faturamento e da lucratividade.

Como utilizar a curva ABC para gestão de estoque?

A principal função da curva ABC é auxiliar os gestores na tomada de decisões — ao verificar quais são os itens que mais vendem e que geram mais lucros, é possível direcionar os recursos e controlar o giro de estoque. É nesse ponto que a curva é crucial para uma empresa: quando não se compreende a necessidade de produtos no mercado de trabalho, as chances de que o volume de estoque seja alto são grandes.

Com a curva ABC, é possível identificar quais são os produtos que representam maior volume de vendas, ou seja, aqueles que representam maior parte do lucro da empresa. Dessa maneira, pode-se fazer uma estimativa precisa da necessidade de cada item, evitando um alto estoque de produtos que representam um baixo volume de venda, o que gera custos desnecessários.

A curva ABC auxilia também os gestores na escolha dos itens para venda, evitando que erros comuns sejam cometidos, como um estoque com muitos produtos que vendem pouco — o que pode trazer mais gastos para a empresa. A análise para controle de estoque deve ser feita da seguinte maneira: os itens A correspondem aos mais procurados pelos consumidores e, devido a isso, jamais devem faltar no estoque.

O recomendado é que ele sejam monitorados frequentemente e sua reposição no estoque seja programada com antecedência. Já os produtos B e C não necessitam de um controle de estoque tão rigoroso, pois não são tão solicitados quanto os itens A. Porém, é importante também dar atenção a eles, pois auxiliam no aumento do ticket médio da empresa e aumentam sua estabilidade.

O conhecimento do que é curva ABC e sua aplicação permite aprimorar a gestão de estoque e conseguir alavancar os resultados em diversos aspectos, inclusive em outros setores. Portanto, ela pode ser uma ótima aliada na organização dos estoques.

Agora que você já sabe o que é curva ABC, utilize os comentários para compartilhar suas experiências e opiniões sobre o assunto!

%d blogueiros gostam disto: