SAP Business One e Consultoria SAP

Big data: entenda o que é, por que é importante e como funciona

13 dez

Big data: entenda o que é, por que é importante e como funciona

Dentre as inúmeras inovações tecnológicas das últimas décadas, o big data é umas das mais revolucionárias. Isso porque resolve um problema antigo de analistas e gestores: a concentração e estudo de grandes volumes de informações.

Mas o que isso tem de impactante? Certamente não é só a armazenagem de uma quantidade de dados, mas sim o progresso e a inteligência proporcionada para empresas, indústrias, governos, etc.

Se ainda não está muito claro para você, vamos descomplicar o conceito e o funcionamento do big data. Além disso, mostraremos como ele é aplicado no mercado e suas principais vantagens. Confira!

O que é e como funciona o Big Data?

O big data é um termo que se refere a uma quantidade enorme, variável e veloz de informações processadas em tempo real e que ajudam na gestão de negócios. O principal objetivo desse conceito é fornecer inteligência estratégica para empresas e instituições e, assim, fazer com que elas criem ações mais eficientes.

O big data pode ser “objetificado” em softwares de armazenamento na nuvem, softwares de gestão, CRMs, ferramentas de web analytics (Google Analytics), redes sociais, sites, bancos de dados públicos, servidores de e-mail e em dispositivos como GPS, sensores, smartphones, etc. Enfim, tudo que puder emitir uma grande quantidade de dados, estruturados ou não, pode ser incluído em uma análise de big data.

Suas soluções são capazes de agregar, filtrar, cruzar e organizar esse volume de dados independentemente de suas origens. É como reunir as informações do seu histórico de vendas com as de tendências de consumo para antecipar seu estoque e saber se contratará, ou não, mais funcionários para um determinado período.

Aliás, como isso pode ser processado rapidamente, facilita bastante a vida de analistas e gestores que precisam melhorar sua tomada de decisão.

Como o Big Data está sendo utilizado?

Atualmente, o big data é aplicado por instituições de diversos tipos, públicas ou privadas, e intenções, gerenciais ou comerciais.

O Google, por exemplo, se aproveita do big data para melhorar seus algoritmos e serviços. Recorde-se de como as pesquisas da ferramenta ficaram cada vez mais certeiras com o passar dos anos. Esse é um trabalho de análise de linguagens dos usuários, de conteúdos dos sites, de adaptação aos novos dispositivos, dentre outros fatores importantes com o objetivo de refinar as buscas em seu motor e entregar os melhores resultados para as pessoas.

Outros exemplos perceptíveis são:

  • Bancos e operadoras de cartão de crédito que usam o big data para monitorar as ações de seus clientes e evitar fraudes nas transações;
  • Varejo e serviços que se apoiam na análise em tempo real de um enorme volume de dados para fazer projeções de vendas, definir metas e fazer novos investimentos;
  • Governos que analisam o crescimento populacional e econômico de uma determinada região e, então, iniciam a construção de escolas, creches e outras instituições públicas.

A sua empresa precisa de Big Data?

Todas as empresas que têm uma grande quantidade de dados para analisar precisam de soluções em big data. Mas não é só isso, pois trata-se de ter acesso a essas informações em segundos ou minutos e com elas dispostas em um painel — não mais dependente de relatórios produzidos manualmente, sob riscos de falhas humanas e que podem demorar semanas para ficarem prontos.

Com o big data, o tempo entre a análise e a tomada de decisão é encurtado drasticamente. Isso permite detectar e solucionar problemas quase que em tempo real, o que implica em redução de custos e otimização de estratégias.

Graças às tecnologias e seus dispositivos vigilantes, alguns de forma mais velada, as relações sociais, comerciais e econômicas nunca foram tão mensuráveis. Elas são transformáveis em dados, que posteriormente podem se tornar insights estratégicos para o mercado.

E é aí que o big data atua, sendo responsável por organizar essa grande teia de informações. Sendo assim, suas ferramentas servem de suporte para tomar decisões mais inteligentes e melhorar os resultados do seu negócio.

Você gostou da ideia de utilizar o Big Data em sua empresa? Aqui na G2 trabalhamos com o software de computação in-memory Sap Hana, que poderá ajudá-lo com esse tipo de solução. Para saber mais a respeito, entre em contato conosco.

%d blogueiros gostam disto: