SAP Business One e Consultoria SAP

Gestão de desempenho: o que é, por que é importante e mais!

23 dez

Gestão de desempenho: o que é, por que é importante e mais!

Graças à competitividade do mercado, à globalização e à velocidade das inovações — especialmente tecnológicas — do cenário atual, muitas empresas têm adotado sistemas mais modernos e eficazes no que diz respeito à sua gestão.

Os gestores contemporâneos entenderam que não dá para planejar os próximos passos do seu negócio com base apenas nos resultados financeiros obtidos anteriormente e, por isso, têm optado pela gestão de desempenho.

Se você ainda não está habituado ao assunto ou ainda tem dúvidas quanto ao seu funcionamento e aplicação, confira as informações que trazemos no post de hoje!

O que é gestão de desempenho?

Esse modelo de gestão funciona basicamente por meio da avaliação do desempenho dos colaboradores, das equipes, dos departamentos e da empresa de um modo geral. A ideia principal é gerir a performance na execução das atividades da organização, zelando para que os objetivos sejam atingidos de forma eficiente e eficaz.

Mais do que comparar os resultados esperados e os obtidos, a gestão de desempenho busca perceber como os colaboradores estão alinhados aos comportamentos esperados pela organização. A ideia é entender como estimular os funcionários a traduzirem os princípios e valores da empresa.

Os principais objetivos da gestão de desempenho são:

  • Diminuição de custos.
  • Aumento da lucratividade.
  • Mais agilidade nas decisões.
  • Mais facilidade para fazer ajustes rápidos.

Por que é importante?

Uma gestão de desempenho eficaz permite aos gestores mensurar o perfil comportamental dos seus colaboradores e fornece informações essenciais para as tomadas de decisões e definições de metas.

É como se fosse feito um raio-x da empresa, um mapeamento que permite ao gestor conhecer melhor seus colaboradores, identificar seus pontos fortes e fracos e conseguir traçar planos de desenvolvimento para o negócio.

Outra faceta importante desse sistema de gestão é a disseminação das estratégias e cultura da empresa aos indivíduos que fazem parte dela. O resultado disso é funcionários mais conscientes acerca do seu papel e sua atuação, mais dispostos a atender às expectativas e corrigir possíveis falhas e mais motivados e propensos a atingirem os objetivos estratégicos da empresa.

Como aplicar?

O primeiro passo é engajar os líderes no sistema, o que facilitará a participação dos demais colaboradores. Em seguida, é necessário que os objetivos da organização sejam claramente estabelecidos, para que, assim, seja possível determinar quais são os objetivos individuais para que as funções de cada funcionário fiquem bem definidas.

A análise do desempenho deve sempre ser seguida de apoio e feedback aos colaboradores. É necessário cuidado para não gerar desmotivação e frustração nesse momento. Por isso, é importante que anteriormente as regras e metas estejam claras e sejam tangíveis. A avaliação nunca deve se basear em percepções pessoais do gestor, mas precisa ser objetiva e profissional.

Esse sistema de avaliação de desempenho serve para estimular os colaboradores a sair da zona de conforto e buscar o desenvolvimento contínuo. O modelo é vantajoso tanto para os profissionais, que terá a oportunidade de crescer e melhorar, quanto para a empresa, que possuirá material para executar novos planos de ação a partir dos resultados obtidos.

Sua empresa já trabalha com o modelo de gestão de desempenho? Compartilhe sua experiência nos comentários!

%d blogueiros gostam disto: