SAP Business One e Consultoria SAP

CRM vs. ERP: qual é o melhor para a minha empresa?

31 jan

CRM vs. ERP: qual é o melhor para a minha empresa?

Se você busca planejar e controlar o uso e aplicação dos recursos da sua empresa, então precisa de um ERP. Agora, se você quer gerenciar melhor o relacionamento da sua empresa com os seus clientes, o CRM provavelmente será a ferramenta ideal.

Mas, afinal de contas, você sabe o que são eles e qual é o melhor para a sua empresa? Este post foi elaborado para esclarecer suas dúvidas sobre o assunto. Continue a leitura e descubra mais sobre essas duas ferramentas.

ERP

ERP é a sigla para Enterprise Resource Planning (Planejamento dos Recursos Empresariais) e trata-se de um software que integra todos os processos e dados de uma organização em um só sistema, e abrange:

  • gestão financeira;
  • gestão de estoque;
  • gestão fiscal;
  • gestão de vendas;
  • gestão de produção e serviços;
  • e outros processos, de acordo com a especialidade do sistema.

Além do setor financeiro, o ERP auxilia no controle de processos de produção, indicando se há gargalos ou outras deficiências, e apoiando os recursos humanos na gestão de pessoas, verificando o excesso de horas extra.

Outra característica desse sistema é a possibilidade de redução dos custos operacionais, indicando se há desperdício de materiais ou ociosidade em algum ponto, fatores que impactam negativamente o caixa de sua empresa.

CRM

CRM é a sigla para Costumer Relationship Management (Gerenciamento do Relacionamento com o Cliente) e trata-se de um software que integra marketing, vendas e serviços de atendimento (SAC). Ele ajuda a descobrir informações essenciais sobre seus clientes, tais como:

  • perfil de compra;
  • produtos da sua preferência;
  • frequência das suas compras;
  • canal de compras predileto (loja física, e-commerce, telemarketing);
  • meios de pagamento que utiliza;
  • localização geográfica desses clientes e muito mais.

O principal objetivo de um CRM é trabalhar uma metodologia com foco no cliente, buscando sua constante satisfação com os produtos ou serviços da empresa e sua fidelização, gerando compras recorrentes.

Se sua empresa busca aumentar a produtividade do seu time de vendas, o CRM será seu maior aliado. Por meio dele, é possível automatizar uma grande quantia de atividades de seu time de vendas, deixando-os disponíveis para o que realmente importa: vender.

Diferenças entre ERP e CRM

Os sistemas ERP diminuem radicalmente os erros nos registros de entrada e saída de recursos financeiros e mercadorias, evitam redundância de registros, asseguram informação estruturada e confiável e reduzem custos com mão de obra.

Isso porque automatizam o compartilhamento de dados entre os diversos processos empresariais, agilizando a apuração de resultados e possibilitando o planejamento de ações para aumentar a rentabilidade do negócio.

Um bom ERP permite, ainda, a geração de relatórios completos sobre sua empresa e a possibilidade de acesso a essas informações por diversos meios, seja um smartphone, notebook ou tablet.

O ERP é um sistema voltado apenas para a gestão interna, sendo mais indicado para empresas de médio e grande porte, que apresentam uma boa taxa de crescimento e precisam manter a padronização de seus processos.

Contudo, pequenas empresas podem utilizá-lo. Atualmente, existe uma grande variedade de opções disponíveis, algumas até gratuitas. Portanto, avaliar quais são as reais necessidades de sua empresa é fundamental.

Já os sistemas CRM permitem estabelecer e gerenciar o funil de vendas, automatizar algumas ações de interação com os clientes para potencializar as vendas, integração com as redes sociais para otimização de captura de dados sobre os clientes e controlar negociações e contratos.

Devido ao grande volume de informações que são gerados a cada contato com o cliente, a utilização de blocos, agendas e planilhas torna-se algo confuso e poderá acarretar na perda de informações importantes.

Esse sistema permite, ainda, planejar as ações da equipe de vendas, delegar tarefas eletronicamente, interagir com outros usuários a distância (interação virtual), conhecer melhor o perfil dos clientes e adequar as campanhas de marketing e as ações de vendas às peculiaridades individuais ou de grupos estratificados.

Por ser um sistema mais simples, sua adoção deverá ocorrer, preferencialmente, desde o início das atividades da empresa, independentemente de seu tamanho, trazendo mais segurança às informações de seus clientes, organizando e centralizando-as em um único lugar.

Qual é o melhor sistema

Antes de tomar qualquer decisão, é essencial que sua empresa possua, de maneira clara, a compreensão de quais são os objetivos ao adotar qualquer uma dessas ferramentas e, também, qual a disponibilidade de recursos para adquiri-las.

Outro ponto crucial é ter a certeza de que a sua equipe compreende a importância da utilização correta desse sistema e que estão dispostos a adotá-lo em seu dia a dia. De nada adianta investir em ferramentas, se sua equipe não as utilizarão.

A inserção de qualquer sistema novo em uma empresa poderá encontrar algum tipo de resistência e objeções de uso, portanto, possuir jogo de cintura e argumentos que comprovem sua necessidade é essencial.

O sistema CRM assegura que o relacionamento com os seus clientes passe para um patamar de excelência nunca antes experimentado, e contribui expressivamente para o aumento das vendas e do faturamento.

Além de trabalhar o relacionamento, o CRM é uma ótima fonte de dados para as equipes de marketing trabalharem, embasando decisões estratégicas de médio e longo prazo.

O sistema ERP assegura a gestão completa de todos os processos empresariais, facilitando sua gestão, proporcionando uma visão ampla da situação de sua empresa e gerando informações em tempo real.

Ele permite saber, por exemplo, como está a saúde financeira da sua organização e identificar quais processos estão contribuindo ou prejudicando os resultados alcançados. Deixando sua empresa organizada e proporcionando o pleno controle do negócio.

Lembre-se que, independentemente do sistema, alimentá-los com informações corretas é essencial para que, ao se tomar decisões estratégicas, essas possuam o maior nível de efetividade possível.

O ideal para qualquer empresa seria adotar ambos os sistemas, a fim de alcançar o controle total de suas atividades e, assim, experimentar um crescimento sadio e sustentável.

Escolher entre ERP e CRM é um dilema para muitos gestores empresariais, mas quando o assunto é melhoria geral da gestão de uma empresa, obviamente o primeiro sistema é a melhor escolha.

Você sabia que existem sistemas ERP que contêm um módulo de CRM integrado, unindo o melhor desses dois mundos? Faça uma boa pesquisa e descubra as melhores opções do mercado.

E então, conseguimos esclarecer suas dúvidas sobre CRM e ERP? Aproveite e entre em contato conosco para conhecer nossas soluções!

%d blogueiros gostam disto: