G2Tecnologia | SAP Business One, Consultoria SAP

ERP e e-commerce: entenda essa importante relação

02 fev

ERP e e-commerce: entenda essa importante relação

Se o que você pretende é ganhar agilidade, produtividade e melhores condições de gerenciamento para a sua loja virtual, então o ERP é o software que não pode faltar na sua lista de estratégias.

A sigla em inglês quer dizer Enterprise Resource Planning, que traduzida reflete exatamente o que todo e-commerce precisa: planejamento dos recursos da empresa. Entenda, neste post, a importante relação entre ERP e e-commerce!

Agilidade para gerar notas fiscais

Emitir notas fiscais e controlar todas as informações quando a loja virtual está em expansão tende a se tornar uma atividade um pouco lenta. Ou seja, algo inversamente proporcional, que vai de encontro ao seu crescimento. Nesse caso, o ERP é a solução porque as taxas são calculadas automaticamente, e isso agiliza no processo de geração de notas fiscais — sejam elas eletrônicas ou físicas.

Padronização que ajuda a organizar

Imagine se cada colaborador resolve estipular um método próprio de organização na sua loja. Isso pode gerar uma dor de cabeça daquelas. Para não correr esse risco, a adoção do software é de extrema urgência, pois com ele você contribui para a eliminação dos vícios da equipe e, assim, garante uma administração mais estratégica.

Facilidade na hora de calcular o ICMS

O ERP é capaz de gerar guias com o imposto devidamente calculado. Dessa maneira, você ganha tempo e evita os atrasos referente às entregas ou a qualquer outra eventualidade relacionada.

Fidelização de clientes com o ERP

Um software que ajuda a melhorar o relacionamento com os clientes? Exatamente isso, pois  trata-se de uma ferramenta de gestão. Com o banco de dados organizado, as táticas tendem a se tornar mais efetivas, seja por meio de informativos, de criação de conteúdo, da produção de newsletters, de promoções, dentre outras.

Atendimento às obrigações fiscais como SPEDs

Configurar essa ferramenta na loja virtual não é nenhum bicho de sete cabeças, já que as operações se tornam adaptáveis.

Automaticamente, logo quando o sistema é configurado, a gestão de dados começa efetivamente devido à troca de informações, que é inerente.

Por exemplo, o Sistema Público de Escrituração Digital (SPEAD) entra nesse pacote de integração. Ou seja, isso facilita a gestão de questões relacionadas às obrigações fiscais

Nesse caso, as referências ligadas a vendas conversam com a emissão de notas fiscais, que também passam a ter acesso ao estoque. Enfim, uma verdadeira sincronia.

Melhoria na gestão de contas e estoque

Outra vantagem que não pode ficar de fora tem a ver com a centralização. Você consegue obter as informações referentes ao fluxo de caixa em um único espaço. Com tudo organizado, é possível ter uma noção da receita, o que te permite planejar outras ações no intuito de manter a saúde do negócio.

Além disso, o seu estoque se mantém na medida certa, pois com os relatórios de vendas gerados, a informação acerca dos produtos passa a ser mais eficiente. Dessa maneira, você tem a chance de investir nos itens cuja demanda é mais significativa.

Os desafios diários de um empreendedor que atua no e-commerce são muitos. Apesar disso, hoje em dia já é possível contar com diversas ferramentas de gestão. O ERP te ajuda a manter a casa em ordem, por isso, é o tipo de solução que não pode passar despercebido.

Gostou das nossas dicas sobre ERP? Está em busca de uma solução inteligente para o seu negócio? Então entre em contato conosco!

3 comments

    1. 😉 obrigada!

    2. Obrigada por ler e comentar! 😉

%d blogueiros gostam disto: