G2Tecnologia | SAP Business One, Consultoria SAP

Saiba como melhorar o seu networking

17 abr

Saiba como melhorar o seu networking

Todo profissional que está entrando ou já faz parte do mercado de trabalho tem um networking que define seus relacionamentos profissionais. Mas ter, apenas, não é suficiente. É preciso alimentar essas relações, para que as conexões se mantenham ativas e se multipliquem.

Aliás, talvez o verbo “alimentar” seja realmente o mais adequado para a gestão da rede de contatos profissionais. Afinal de contas, o networking é como um sistema vivo que precisa de estímulos e dedicação para prosperar.

Quando bem administrado, pode trazer bons frutos tanto para o profissional quanto para a empresa em que ele trabalha, então, se você está em busca de estratégias realmente efetivas para melhorar seu networking, este post é uma leitura obrigatória. Conheça já nossas dicas!

Repense o conceito de networking

O primeiro passo a se dar para melhorar o networking é compreender sua amplitude.

Como uma rede de contatos, ele pode ser entendido como o cuidado em construir e manter relacionamentos com indivíduos que podem ser úteis ao profissional e que também podem ser ajudados por ele.

Em outras palavras, ele não deve ser uma via de mão única.

Classifique seus contatos

É preciso gerenciar os contatos com profissionalismo, e não apenas como uma lista de telefones do celular.

Criar planilhas com os dados gerais dos contatos, origem do relacionamento, em qual ramo e cargo eles estão atualmente, quando foi seu último contato e outras informações relevantes pode auxiliar na manutenção dos relacionamentos.

Com esses dados organizados, é possível dar prioridade para as interações com aqueles que podem gerar novas oportunidades e negócios no curto prazo, por exemplo.

Independentemente do momento vivido, é importante que todos os contatos sejam armazenados e tenham estímulos frequentes, como colegas de trabalho do último emprego, amigos da faculdade, palestrantes e consultores que tenham visitado a empresa eventualmente para treinamentos.

Alinhe seu networking com seu plano de carreira

O plano de carreira é fundamental para que o profissional crie estratégias para alcançar seus objetivos, e alinhar o networking com esse planejamento significa usá-lo de forma inteligente.

Se um gestor deseja fortalecer sua atuação na área de planos de saúde, é fundamental que fomente seus contatos com gestores hospitalares, administradores de laboratórios e diretores de outros planos de saúde, por exemplo.

Cresça a rede de contatos

O networking não precisa se limitar às relações de primeiro grau. Pedir que a rede atual de contatos promova a apresentação para novos contatos é muito comum e aceitável.

Além disso, aproveitando o crescimento das relações online, interagir com outros gestores pelas redes sociais especializadas, acompanhar e ler seus blogs também é uma maneira para crescer a rede de contatos, assim como participar de cursos e eventos do setor.

Crie valor e ajude sua rede de relacionamentos

Se o networking é uma troca, o profissional deve demonstrar seu valor para o relacionamento.

Estar atento às necessidades dos demais, intermediar novas conexões e ajudar na solução de demandas específicas de seus contatos é uma forma de demonstrar parceria e interesse pelo sucesso deles.

Isso também demonstra a força da rede de contatos do profissional, fazendo com que outros indivíduos almejem fazer parte dela.

Considere fazer investimentos pessoais

Se a empresa não puder arcar com a participação do profissional em todos os eventos do setor ou não produzir brindes e lembranças em quantidade suficiente para a rede de contatos, é necessário considerar fazer alguns investimentos.

Essas interações e lembranças para agradecimento da parceria são tão importantes para a empresa quanto para os profissionais que trabalham nela.

Faça uma estratégia de networking para eventos

Um profissional que queira melhorar sua rede de contatos deve se preparar para cada evento e reunião de que for participar.

Analisar quais empresas e profissionais participarão, quais têm maior potencial para negócios com sua empresa ou defendem uma mesma linha de posicionamento estratégico, por exemplo.

Após identificar quem são os participantes, o profissional pode estudar maneiras de abordá-los e assegurar aproximações mais bem-sucedidas.

Não perca o timing

Depois que uma conexão é estabelecida, é preciso reforçá-la.

Após uma conversa ou participação em um evento, trocar cartões, enviar um e-mail de agradecimento ou fazer uma ligação posteriormente para passar uma informação complementar pode ser crucial.

Use as redes sociais

O profissional deve adotar o uso regular de redes sociais especializadas, como o LinkedIn, para fazer contatos frequentes, compartilhar conteúdos relevantes do seu setor e conhecer outras pessoas do trade.

As redes sociais e fóruns de discussões são territórios valorizados na nova era, e aqueles que sabem usufruir de seus benefícios também demonstram conhecimento e sua aderência a novas tecnologias e formas de se relacionar.

Acredite no valor das relações presenciais

Ainda que seja fortemente aconselhável usar as redes sociais, elas não podem substituir os contatos presenciais.

Visitar parceiros e até mesmo participar de momentos de confraternização pode ser uma maneira de fazer contatos e manter o networking ativo.

Por incrível que pareça, muitas conexões surgem de momentos de descontração e contatos entre amigos e familiares, que podem ser preservados assim, mas permitindo uma troca de contatos para ações futuras.

Não busque quantidade, e sim qualidade

Bons contatos não são conquistados por atacado. Assim como o profissional tem seus diferenciais, seus contatos também devem ser vistos como únicos no mercado.

Quando uma rede de contatos é construída com foco na qualidade, até mesmo a pouca quantidade de parceiros pode ser irrelevante, pois a capacidade de gerar oportunidades é superior.

Redes com grande quantidade de contatos podem ser de difícil gestão, o que torna os contatos mais superficiais.

Seja relevante

Controlar a timidez nem sempre é uma tarefa fácil, mas, para a construção e manutenção de um bom networking, pode até ser dispensável.

Um profissional deve se sentir confortável em suas ações, e falar menos ou ser menos expansivo não deve ser encarado como uma falha.

Para que um profissional se destaque e demonstre seu valor, precisa mostrar sua relevância fazendo ações pontuais e acertadas.

Um networking deve ser construído com atenção e estratégia, para ser sustentável e duradouro. Mesmo que as conexões mudem de setor ou até mesmo de país, não devem ser apagadas dos contatos.

Essas estratégias também devem ser utilizadas com colegas de trabalho, outros gestores e funcionários de todos os níveis hierárquicos, inclusive os subordinados.

Aliás, as atitudes de um gestor no relacionamento com seus subordinados podem ser fatais para seu networking, pois, com o passar dos anos, muitos deles podem se tornar peças-chave no setor.

Quer saber como ser um bom líder e preservar seu networking com seus funcionários? Então continue sua leitura com estas 3 dicas incríveis!

%d blogueiros gostam disto: